Fios de Sustentação não invasivos | Estética em 2022

Fios de sustentação não invasivos: O novo método que virou febre para exterminar rugas chegou com tudo. 

Esse novo método testado e aprovado veio da Coreia do sul e fez uma revolução da estética aqui no Brasil.  Foi comprovado que o procedimento com os Fios de Sustentação Não Invasivos acabou com as rugas da maioria das clientes logo na primeira aplicação.

Fios de Sustentação não Invasivos - Antes e Depois

Existem muitas mulheres que buscam sua independência financeira e trabalham atendendo clientes na área da beleza.

São esteticistas, micro-pigmentadoras, cabelereiras, biomédicas, fisioterapeutas e profissionais da beleza. É uma gama de opções onde as mulheres se profissionalizam e ganham muito entregando resultados surpreendentes quando o assunto é pele e principalmente rejuvenescimento.

É certo que muitas novidades no ramo da estética vêm da Coreia do sul, mas esse procedimento abriu portas para uma das maiores oportunidades que está impactando clientes e profissionais da beleza porque é um procedimento onde o investimento é bem baixo e o faturamento com esse novo tratamento é muito alto, além de fidelizar e encantar o público feminino.

Segundo pesquisas da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o Brasil está em primeiro lugar quando o assunto é procedimento estético, sejam invasivos ou não.

O país já alcançou a marca de 969 mil procedimentos estéticos não cirúrgicos por ano.

Isso quer dizer que as pessoas estão buscando cada vez mais por procedimentos de rejuvenescimento que tragam resultados naturais e não sejam invasivos.

Segundo o portal R7, no ano de 2021, quando ainda passávamos pela pandemia, foi constatado que a demanda por tratamentos pouco ou nada invasivos na estética foi avaliado no mundo em US$ 99,1 Bilhões de dólares.

Isso quer dizer que a indústria da beleza não para de crescer e aqui no Brasil estamos na frente.

Sabe-se que o envelhecimento da pele é uma preocupação mundial e muito mais feminina. O corpo humano produz colágeno naturalmente até os 25 anos de idade, após essa idade, o nosso corpo produz cada vez menos hormônios e menos colágeno.

Aos 40 anos de idade, a criação desta proteína pode diminuir até 1% ao ano e na faixa dos 70 anos a perda progressiva chega a cerca de 30% ao ano.

Por esse motivo é que temos cada vez mais pessoas em busca de cuidados com a pele e os Fios de sustentação não Invasivos é uma das técnicas para repor esse colágeno perdido, trazer rejuvenescimento e promover um efeito lifting.

Nos procedimentos estéticos existem diversos tipos de Fios de Sustentação. O que diferencia cada um deles é basicamente o material, método de colocação e preço do procedimento.

Conheça cada um dos tipos de Fios de Sustentação  seguir:

Fios de ouro

Fios de Ouro

Esse é o método mais antigo. Usa-se um material nobre, mas os fios não possuem muita elasticidade e por isso não moldam muito bem o rosto podendo trazer complicações com a formação de fibroses ou rompimento dos fios.  

Para a colocação desse tipo de fio de sustentação é necessário aplicar anestesia local.

Esse tipo de fio não é absorvido pela pele. O que estimula a produção de colágeno é a inflamação na pele causada pelos fios. O procedimento custa para a cliente em torno de R$2.000 para a colocação de somente 4 fios.


Fio Russo

Fio Russo - Fios de Sustentação

Esse tipo de fio é feito de polipropileno e não é absorvido pela pele.

No procedimento, é necessário fazer um pequeno corte na pele para inserir o fio que deve ficar entre a pele e a camada de gordura. Em seguida, são feitas as suturas para puxar a pele fazendo um lifting para diminuir a flacidez.

Leva um bom tempo para a acomodação dos fios no rosto, cerca de 2 a 3 meses. O procedimento é bem doloroso e custa cerca de R$6.000

 

Fio búlgaro

Fio Búlgaro - Fios de Sustentação

O fio búlgaro é feito de um material chamado poliamida. É um tipo de plástico resistente e flexível.

É realizada uma microcirurgia para a colocação com anestesia local. Realiza-se com a ajuda de uma agulha para inserir o fio na pele que se unem às fibras com o passar do tempo. Leva cerca de 2 a 5 anos para que sejam absorvidos pela pele.

Promove ação inflamatória para estimulação do colágeno e o preço fica entre 2 a 6 mil reais dependendo do procedimento.


Fios de PDO

Fios de PDO


Os fios de PDO são feitos de polidioxanona e são inseridos com micro-cânulas. São fios absorvíveis que causam bastante inchaço após o procedimento.

Existe na forma lisa que forma uma rede abaixo da pele e a versão com garras. É estimulante da produção de colágeno e a absorção ocorre após cerca de 6 a 12 meses, quando a cliente precisa voltar para nova aplicação.

Quais são os profissionais que podem aplicar esses procedimentos invasivos?

Cirurgiões plásticos, dermatologistas, dentistas orofaciais e biomédicas e profissionais que possuem formação específica.

Quais são as possíveis intercorrências após esses procedimentos?

Por serem métodos invasivos podem ocorrer bastante edema, irritação na pele, dor, infecções e rejeição dos fios.

É necessário aplicar outros procedimentos para melhora nos resultados?

Sim. É preciso realizar aplicações de botos ou preenchimento para que a pele fique bem tratada. Os fios invasivos por si só não trazem resultados milagrosos.

Fios de sustentação não invasivos para uso na estética

Fios de Sustentação não Invasivos - Uso na Estética

Veja agora as vantagens dos Fios de sustentação não invasivos:

  • Não é necessário ser médica, biomédica, cirurgiã, dermatologista ou dentista para aplicar o procedimento;
  • As mulheres adoram novidade e por isso a divulgação do método é bem fácil de ser feita porque atrai muitas clientes;
  • Não tem riscos de intercorrências;
  • Não tem necessidade de um longo intervalo para recuperação;
  • Não causa dor;
  • Não causa edema;
  • Os efeitos são imediatos;
  • Promove efeito lifting sem cortes e sem vermelhidão;
  • Atua como preenchedor de rugas e linhas de expressão;
  • Reduz bolsas na região dos olhos;
  • Diminui flacidez;
  • Promove viço e deixa a pele iluminada;
  • Serve para todos os tipos de pele e pode ser aplicado em qualquer idade.


 

O que são Fios de sustentação não invasivos? 

São fios bio-dissolúveis que contém extrato de seda, oligopeptídeo, extrato de ouro e outros ativos rejuvenescedores.

Além de extrato de seda e  diversos aminoácidos que promovem maciez, elasticidade, luminosidade e hidratação.

Oligopeptídeos Inibem a degradação do colágeno e estimulam a renovação celular enquanto protegem o DNA das células contra o ataque dos radicais livres.

O ouro tem grandes propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, além de proteger as células dos radicais livres que causam as rugas.

Promove excelente e duradoura ação firmadora na pele.

Quanto dá para faturar trabalhando com este novo procedimento?

 

Com apenas uma cliente é possível faturar mais de R$2.000 e ainda é possível fazer associação com outros protocolos estéticos. O lucro é de aproximadamente 7x o valor investido nos materiais em uma única sessão.

 

Por que você precisa se tornar especialista em Fios de sustentação não invasivos? 

 

1 – O investimento em materiais é baixo e o ganho é alto.

2 – É possível se tornar referência na região de atendimento por falta de concorrência e assim se destacar na estética.

3 – As pessoas adoram novidades.

4 – O meu curso completo oferece como bônus exclusivo desconto para aquisição de qualquer produto utilizado na técnica.

5 – Ofereço também outro bônus especial que é uma associação de protocolo com a técnica de Power lift facial para estimulação do colágeno na pele sem causar dor para a cliente.

6 – Bônus adicional: Ebook Como aumentar o seu faturamento na estética e ter clientes correndo trás de você. São técnicas comprovadas e testadas que foram testadas na prática na minha carreira.


Por que fazer o curso de especialização em fios de sustentação não invasivos com a professora Cris Marques?

  • O investimento é justo para o treinamento online completo.
  • A associação de protocolos para estimulação do colágeno e rejuvenescimento é uma outra técnica surpreendente que está inclusa de graça.
  • São mais de 18 mil alunas formadas com os cursos profissionalizantes.
  • A professora tem experiência com mais de 14 cursos de estética profissionalizantes e possui 20 anos de experiência na estética.
  • O suporte para dúvidas ocorre com respostas rápidas e o curso é completo e online com avaliação e certificado válido. Pode ser acessado a qualquer dia e horário, basta ter internet. O acesso é enviado imediatamente no email de matrícula.


Clique no botão abaixo e conheça todos os detalhes sobre essa oportunidade de se tornar uma especialista em Fios de Sustentação não Invasivos.


Tags


Cris Marques

Sobre a autora

Cris Marques é esteticista, cosmetóloga formada pelo SENAC e professora de estética com mais de 17 anos de experiência. Criadora de 15 cursos profissionalizantes que já formaram mais de 18.000 alunas no Brasil e em diversos países.

Você também pode gostar...

Publicidade 

Precisa de Ajuda?